Archive | Social Struggles RSS feed for this section

Will reversing austerity end the depression?

By Michael Roberts: – (versão em português traduzida por Eleutério Prado) – “The policies of austerity do have an ideological motive: to weaken the state and reduce its ‘interference’ with capital.  But the economic foundation of austerity was not mad or bad economics, from the point of view of capital.  It aimed to reduce costs […]

Continue reading

Everybody wants to go to heaven, but no one wants to die to get there

Except the living deads? (SB) By Jehu (2014): If you ever want to make a good case against communism to a worker, tell her that communists want the following things: Everyone is unemployed No one has any income Democracy no longer exists No one can own anything The paradox of communism is that it appears to […]

Continue reading

Cracolândia, Redenção, Ocupa Brasília e a militarização da política

Por Edson Teles: Em janeiro de 2012, Prefeitura e Estado haviam “deflagrado” a “Operação Dor e Sofrimento”, cuja síntese funcional era inflingir dor e sofrimento aos usuários, mediante a falta da droga e a dificuldade de fixação, obrigando-os a solicitarem ou aceitarem ajuda (leia-se: “internação”). Agora, em 2017, a agressão do Estado foi mais longe […]

Continue reading

Leviathan Rots

By Vincent Garton: “It is an escalating system-failure that crashes Hobbes’s political theology, pointing to the obsolescence of the state form itself, the self-overcoming of the Hobbesian era.” 1. The King of the Proud Nothing on earth is its equal—a creature without fear. It looks down on all that are haughty; it is king over […]

Continue reading

The storm is underway and we have no shelter

SB: “As voltas de um parafuso…” Franco ‘Bifo’ Berardi and Mark Fisher discuss exhaustion, the financial crisis, aesthetic resistance and the ‘slow cancellation of the future’ (2013) [*] By Mark Fisher and Franco ‘Bifo’ Berardi: Mark Fisher:  The first chapter of my new book, Ghosts of My Life, is titled ‘The Slow Cancellation of the […]

Continue reading

Subiu no poleiro, voou mais alto e despencou

Nota que procura uma explicação para o voo mais longo da economia capitalista entre 2000 e 2016 Por Eleutério F. S. Prado[1]: Nos anos 1990, como anotou Filgueiras (2017), alguns economistas passaram a empregar o termo “voo da galinha” para indicar o padrão de crescimento da economia capitalista no Brasil. Entretanto, entre 2004 e 2010 pareceu que […]

Continue reading

De la souffrance au travail à sa réhabilitation !?

Une critique de Christophe Dejours, par Deun: “Peut-on combattre la souffrance au travail sans remettre en cause une telle organisation sociale ? Les spécialistes du travail et de sa souffrance ne la remettent pas en cause : ils nous disent qu’elle est « centrale ». Ils n’ont pas d’autres solutions à la souffrance au travail […]

Continue reading

Keynes, civilisation and the long run

By Michael Roberts: – “To avoid the situation where in the long run we are all dead, Keynes reckoned that you must sort out the short run.  But the short run cannot be sorted to avoid the long run.  Deliver full employment and all will be well, he thought.  Yet, now in 2017, we have […]

Continue reading

Crise estrutural do capitalismo:

uma reconstrução conceitual e empírica Por Eleutério F. S. Prado [1]: “Vou argumentar agora em favor da tese em discussão: há sim uma crise estrutural no capitalismo que adquiriu agora uma dimensão verdadeiramente mundial. Vou fazer isso por meio de um comentário sobre a tese de Robert Kurz e da ‘crítica  do valor’ segundo a […]

Continue reading

Do desastre nos salvará a vileza de Pulcinella

Entrevista com Giorgio Agamben por Alessandro Leogrande “Ubi fracassorium, ibi fuggitorium, onde há uma catástrofe, aí há uma linha de fuga.” Originale versione italiana qui Como a comédia dialoga (desde sempre) com a política. Um ciclo de afrescos de Giandomenico Tiepolo é o ponto de partida do último livro de Giorgio Agamben Entre 1793 e […]

Continue reading

Capitalismo de Rosto Humano

Por Tomasz Konicz: Tudo vai voltar a ficar bem – desde que todos se tornem bons. É mais ou menos esta a lógica que se pode encontrar por trás de todas as abordagens de organização, iniciativas, leis e ideologias que pretendem lutar por um capitalismo ético, um capitalismo de rosto humano. Dificilmente qualquer empresa pode […]

Continue reading

Crise do trabalho hoje

Desenvolvimento tecnológico, instabilidade do emprego e crise do capitalismo – Por Maurilio Lima Botelho: Há mais de uma década, a discussão sobre a “crise da sociedade do trabalho” foi relegada, no Brasil, ao quarto de despejo da teoria social. A profunda crítica dirigida ao papel central ocupado pelo trabalho tanto na filosofia e ciência burguesas (liberalismo, […]

Continue reading

Os novos fatos da peste identitária na era do capitalismo de crise

Por Clément Homs:  . “É claro, há a economia e o desemprego, mas o essencial é a batalha cultural e identitária” (Manuel Valls, 04 de abril de 2016)  . Nas relações sociais capitalistas em que todos nos encontramos metidos até o pescoço, estamos em luta constante para obter um bom diploma, para encontrar trabalho, para […]

Continue reading

¿Es posible una acción política partiendo de la teoría del valor-trabajo?

Con la expresión acción política me refiero a la posibilidad de hacer germinar en la población una crítica a la sociedad del trabajo y de las mercancías capaz de derivar en formas de organización y participación política antagónicas (movimientos sociales, grupos de acción directa, etc.). Descarto entre las formas de organización política la de los […]

Continue reading

O Pesadelo da Liberdade

Os fundamentos dos “valores ocidentais” e o desamparo da crítica Por Robert Kurz: “Só na aparência a liberdade e a igualdade da circulação, por um lado, e a ditadura da produção empresarial, por outro, se contradizem. De um ponto de vista puramente formal, as trabalhadoras e os trabalhadores são não-livres na produção justamente porque antes […]

Continue reading