Archive | Basics and Definitions RSS feed for this section

Estado, finança e crise

Estado e finança nas grandes crises da acumulação de capital . Por Eleutério Prado[1]: O sonho keynesiano de sempre salvar o sistema de suas contradições pode redundar em pesadelo. [Por exemplo, na crise dos anos 1970 nos Estados Unidos, a política keynesiana de sustentação da demanda efetiva engendrou a estagflação; diante da queda da taxa […]

Continue reading

La mercancía explicada a mis hijos

Por Emile Kirschey: Comprar y vender son actos extremadamente banales hoy, realizados cotidianamente por todo el mundo, todas las empresas y en todos los países. Por tanto, unos ejemplos de otras civilizaciones nos muestran que esta manera de actuar podría ser poco frecuente o reservada a ciertos casos. De hecho, intercambiar, comprar o vender nos parece […]

Continue reading

Wolpertinger no Parque Jurássico

A regressão imparável dos círculos da esquerda radical alemã – Por Robert Kurz: Os fantasmas que andam por aí não são originais, mas dinossauros bonzai, resquícios de um passado glorioso que não chegam aos calcanhares do objeto da sua idolatria. É que Lênin e os verdadeiros corifeus do passado foram, no seu tempo, tudo menos […]

Continue reading
Shop until you drop by Banksy

O que é valor?

A que se deve a crise? (*) Por Norbert Trenkle: “O que é social e historicamente específico no trabalho não é, evidentemente, que as coisas em geral sejam produzidas e realizadas por atividades sociais bastante diferentes. Isso, de fato, toda sociedade precisa fazer. O específico é a forma na qual isto acontece na sociedade capitalista. […]

Continue reading
Alfa Romeo - Assemblea aperta del Consiglio di fabbrica - Loconsolo, Silvestre (foto)

Adeus Moderno Príncipe?

O RENASCIMENTO MILAGROSO DE ANTONIO GRAMSCI – Por Robert Bösch (1993): “(…) podemos conceder a Gramsci o merecimento de em suas reflexões ter estado à altura de seu tempo. Mas, à medida que hoje autores e políticos de esquerda ou de direita se referem a sua teoria (ou partes dela) de forma positiva, eles apenas […]

Continue reading

The signature of power

By Mitchell Dean: [Abstract] This concept of power keeps referring its users to a domain of apparent antinomies, which from a formal theoretical perspective are in turn construed as unities in opposition to further terms. Three such sequences are ‘power to’ and ‘power over’, power as capacity and as right, and juridical conceptions of sovereignty […]

Continue reading

The Lost Honour of Labour

By Robert Kurz: “No socialism of any kind is possible within the horizons of the ontology of labour, which is to say that the commodity form of social reproduction can only be overthrown together with ‘labour’. This, however, is just as unthinkable for the typical conception of socialism of the old workers movement as it […]

Continue reading

Lubies métaphysiques de la lutte des classes

A propos des présupposés tacites d’un étrange rétro-discours – Par Norbert Trenkle: “Ao invés de superar a metafísica histórica hegeliana, Lukács apenas a reproduz de forma ‘materialista’: o trabalho toma o lugar da Razão e o proletariado toma o lugar do Espírito como sujeito da história. Não é coincidência que esse proletariado apresente, desta maneira, […]

Continue reading

Patronage Politics and Contentious Collective Action: A Recursive Relationship

By Javier Auyero, Pablo Lapegna and Fernanda Page Poma: “Since the early 1990s, much of Latin America has witnessed the simultaneous growth of both protest and clientelism (Svampa and Pereyra 2003; Giarracca 2001; Giraudy 2007; Levitsky 2003; Stokes 2005; Auyero 2007; Almeida and Johnston 2006; Shefner et al. 2006; López-Maya and Lander 2006), a twin […]

Continue reading