Um mundo afogado em capital:

A queda global da taxa de juros e a nova rodada da crise estrutural do capitalismo – Por Maurilio Lima Botelho: Monetaristas e keynesianos estão imobilizados por uma realidade econômica falhada – e o problema não é apenas na “economia nacional”. Temos um contexto inédito, no cenário global, de taxas de juros reais negativas. Já […]

Continue reading

Violência e Barbárie:

Um pequeno estudo sobre as origens remotas do bolsonarismo Por Marildo Menegat (*) “(…) o bolsonarismo é o representante desta violência terrorista que se alimenta do horror diário das ruas, um ponto de chegada da passagem da atividade policial defensiva, como deveria ser numa democracia, para as modalidades ofensivas, iniciado, e nunca interrompido, ainda em […]

Continue reading

los comedores salvajes

Por: Leandro Barttolotta, Ignacio Gago, Gonzalo Sarrais Alier (Revista Crisis AR) La votación de la ley de Emergencia Alimentaria y las nuevas estadísticas de pobreza e indigencia pusieron en el candelabro mediático la cuestión del hambre. Adentro de los barrios la crisis es económica, pero también logística y anímica. Los comedores y merenderos bancan la […]

Continue reading

Despliegue económico y repliegue cosmopolítico:

De la necesidad extensiva a la suficiencia intensiva Por Eduardo Viveiros de Castro (SOPRO 51, 2011) Quien llegue tarde que se las arregle. Viejo proverbio brasileño, epígrafe del libro de Warren Dean, With Broadax and Firebrand: The Destruction of the Brazilian Atlantic Coastal Forest – [nota del traductor abajo (*)] Nota del autor: Este texto […]

Continue reading

O Estado é a favor ou contra a educação?

Por Atanásio Mykonios: “As classes dominantes e seus cães de guarda estão nos ensinando, a duras penas, que não haverá trégua, que não haverá qualquer possibilidade de generosidade ou voluntarismo, até mesmo alguma humanidade ou ações humanitárias que salvem os pobres, os miseráveis, os trabalhadores empregados e desempregados, garantindo constitucionalmente educação para todos.” Acreditamos na […]

Continue reading

Um herói sem nenhum caráter

Por Mauro Luis Iasi: “Todo Quixote precisa de um Sancho Pança para montar o jumento enquanto o herói cavalga o Rocinante. Eis que surge Deltan Dallagnol, com seus óculos e semblante de garoto virgem em meio às quengas do cabaré. Nosso escudeiro brasilis, contudo, ao contrário da versão original de Cervantes, contudo, não é aquele […]

Continue reading

Por que não cresce? Traição da mão invisível!?

Por Eleutério F. S. Prado [1]: Como se sabe, a “mão invisível” é a metáfora mais famosa da economia política. Ela foi formulada por Adam Smith em A riqueza das nações[2] para explicar os benefícios para uma nação, produzidos de modo não intencional pela busca do interesse próprio, intencional como tal, por parte dos capitalistas. […]

Continue reading

ponto para o advogado

Por Christian Ferrer: Se ele não estivesse vivendo há muitos anos debaixo da terra, eu recomendaria a vocês o Dr. Carlos Caminos, caso necessitem do auxílio de um advogado. Posso garantir, da leitura de seus argumentos, que este homem era pródigo em voos retóricos, em táticas e recursos imaginativos, e desde sempre sabia como se […]

Continue reading

Demographic demise

From Michael Roberts Blog: . “Why is investment in new technology so sluggish and thus failing to restore productivity growth?  The main reason for low investment in capitalist economies is that capitalists do not think it is profitable to invest in new technology to replace labour. Indeed, in the post Great Recession period, in many […]

Continue reading

Fazer Lázaro se levantar da tumba não é um prodígio para qualquer um

Entrevista concedida por Marildo Menegat em 12/2016, tendo Daniel Cunha como entrevistador (Revista Sinal de Menos, n. 12, V. 2, 2018) O papel do PT esteve confundido com este desejo de salvar um horizonte histórico não mais possível, mas caro a uma compreensão progressista da história, que acabou se mesclando com uma atuação no presente […]

Continue reading

exit! Crise e crítica da sociedade da mercadoria, nº 16

Editorial (Maio 2019) “Se, como é bem possível, tivermos de perecer, não pereçamos sem termos existido. As forças tremendas que temos de combater preparam-se para nos esmagar; e certamente podem impedir-nos de existir plenamente, isto é, de dar ao mundo a marca da nossa vontade. Mas há um domínio onde elas são impotentes. Não podem […]

Continue reading

A Nova Cruzada do Fantasma Autoritário Brasileiro

Por Rubem Klaus: O bolsonarismo como fantasia e conclusão lógica do golpe de 64 1. Pioravante, marche! O bolsonarismo seguirá em sua marcha batida para o futuro – uma fuga para a frente arrastando uma acumulação periférica subdesenvolvida, mais ou menos fracassada em sua agenda de modernização e integração nacional num mercado global cada vez […]

Continue reading

O giro dos ponteiros do relógio no pulso de um morto

Marco Weissheimer: entrevista de Marildo Menegat ao Sul21  – 11/02/2019. – “O capitalismo, como uma forma social mundial, encontrou seu ponto de chegada, iniciando um largo processo de colapso”. Sul21: O subtítulo de seu livro [“A Crítica do Capitalismo em Temos de Catástrofe”] fala do “giro dos ponteiros do relógio no pulso do morto”. Qual o […]

Continue reading

INDÚSTRIA 4.0 E CONFLITOS COMERCIAIS NUMA ERA DE DECLÍNIO

Por Maurilio Lima Botelho (*): O que estamos vivendo hoje é o início da desestruturação dessa cadeia industrial mundialmente espalhada que na década de 1990 recebeu o nome de ‘globalização’. A chamada Indústria 4.0 ou Quarta Revolução Industrial introduz elementos que desarticulam completamente a forma dispersa da produção industrial. (…) Se nas últimas décadas ficou […]

Continue reading

O paradoxo da produtividade e aumento do trabalho improdutivo como sintoma do agravamento da crise do valor

Por Rall Canti: “A forma encontrada para driblar o colapso total da produção capitalista foi jogar para um futuro incerto a realização da mais-valia, através de um crédito que se refinancia à velocidade da luz. Como a valorização não pode mais se dar na produção automatizada que dispensa o “trabalho abstrato”, substância do valor, as […]

Continue reading